fbpx

5 DICAS PARA COMEÇAR A VENDER PELA INTERNET

blank

Ter uma loja online (aberta 24 hs), investir em marketing, ampliar o mix de produtos, variedades em seu e-commerce fazem de você um diferencial na internet. É preciso estar presente onde o consumidor está. De acordo com uma pesquisa recente, o Brasil melhora: ocupa a 18ª posição entre os 75 países pesquisados. 78% da população encontra-se conectada ao ambiente tecnológico, usando a internet para estudar, se comunicar e principalmente: comprar. Já um terço da população está desconectada.

Neste post vamos aprender algumas dicas bem simples de como começar a vender pela internet.

1 – Criar uma loja virtual

A internet não é divergente do mundo real, estar na web não é a certeza de que o seu cliente vai se interessar logo de cara pelo seu produto, existe um roteiro a ser seguido e passos para conquistar a confiança deles. É preciso passar credibilidade. Não coloque links da sua loja em qualquer lugar, anuncie em sites confiáveis e relevantes, pois desta forma passará a interagir e trabalhar com o público correto. As pessoas precisam sentir segurança na sua empresa e ser transparente é a melhor saída. Diante disso, escolha a plataforma certa para desenvolver a sua loja e o seu e-commerce bombar.

2 – Criar a identidade da marca

Qualquer produto ou empresa necessita de uma identidade visual, um conceito por trás do nome adotado. É preciso explorar isso de diversas formas: escolha uma persona, a essência, o posicionamento e claro, umas das coisas mais importantes que interligam todos esses tópicos, a missão da marca. Entrar neste mundo é interessante, você pode brincar com cores, um símbolo e um significado para o nome. Segundo a Associação Americana de Marketing a marca é considerada um “nome, termo, design, símbolo ou qualquer outra característica que identifica os produtos ou serviços de um vendedor como diferente dos demais’’. Adote uma postura firme dentro do mercado de vendas e faça sua marca ser vista.
É válido lembrar que a identidade de marca é a representação da reputação da sua empresa por meio da transmissão de atributos, valores, objetivos, pontos fortes e paixões.

3 – Escolher seu nicho de atuação e segmentar seu público para vender na internet

A escolha do nicho correto depende de 3 fatores cruciais: habilidade, dinheiro e paixão. Sobre habilidade: é preciso ter um mínimo de habilidade para causar mudanças na vida de quem compra o seu produto, fazer o cliente ter uma experiência diferenciada prezando pela satisfação. Sobre dinheiro: você precisa saber se existe capital de giro naquele mercado, isto é, se as pessoas querem e podem pagar pelo seu produto. Sobre paixão: Já imaginou ter que trabalhar com algo de que você não gosta? Localizar algo de seu interesse vai facilitar e muito na hora de criar um bom produto.
Escolha um nicho que você tenha afinidade para trabalhar, sendo assim, a comunicação com o público escolhido vai fluir com êxito. Tudo que fazemos com paixão cresce e é algo que nos move. É preciso analisar sempre as competências e atitudes em relação aquilo que você gosta.

4 – Produza conteúdo de qualidade

Mostre confiabilidade no conteúdo e arrisque. Um modo bastante legal pra se conseguir visitas de um grande público qualificado é a interação na blogosfera e redes sociais. Criar uma fanpage no Facebook de sua empresa, divulgar seus produtos ou serviços, postar em grupos segmentados, criar perfil no Instagram e/ou Twitter, conseguir aquelas visitas realmente qualificadas que se conectam em sua página dentro de seu nicho, pois realmente estão interessadas no conteúdo dentro do mesmo. Esta sem dúvidas não é uma tarefa fácil, porém, é investindo financeiramente para promover a sua marca que a mesma irá adquirir novos clientes e seguidores fiéis.

Anúncios e a publicidade paga são importantes e geram tráfego qualificado. Um simples tráfego é a quantidade de pessoas que acessam a sua loja virtual, seu post, o seu site, seus vídeos ou qualquer conteúdo disponibilizado em seus endereços web.

A publicidade paga é um meio criado para gerar tráfego com mais velocidade no retorno, se as configurações e as estratégias forem realizadas de forma certa. As ferramentas das plataformas de anúncios possuem recursos desenvolvidos que permitem que o anunciante realize o ajuste de campanhas com riqueza de detalhes, desde o controle de público até o ‘’time’’ de exibição, dando a chance de obter campanhas mais bem segmentadas e possibilitando atingir o público alvo correto, ou seja, atrair tráfego de alta qualidade. Por isso invista nessa dica verifique as possibilidades do Adwords, do Facebook Ads, Bing Ads, entre outros, e decida qual é o melhor custo/benefício para a sua empresa.

Outras dicas para gerar tráfego são: Utilizar SEO em seu site, disponibilizar conteúdo de qualidade, estar presente em diversas redes, utilizar Guest Post, usar as redes sociais para gerar engajamento e utilizar o Remarketing.

5 – Invista em marketing

O investimento no marketing está completamente ligado ao retorno financeiro, porém há muitos empreendedores esperando o retorno imediato, e este é um dos motivos que os levam a parar de investir no crescimento da marca. Esta falha é mais comum do que se imagina e por muitas vezes os impedem de enxergar um dos pilares que impulsionam as empresas para o sucesso: o relacionamento.
Esse relacionamento parte do elo construído entre o cliente e a organização, essa fidelização precisa ser eficaz, é o chamariz, o verdadeiro marketing.

Crie artifícios para reter clientes e encantá-los, isto é algo único dentro do polo de negócios. Cada empresa possui suas estratégias próprias e as desenvolvem de acordo com a modernização dos nichos de mercado.

É preciso conhecer bem o seu cliente, fazer uma boa comunicação e construir valor em sua oferta. Não seja afoito, tenha a melhor entrega, faça continuamente a medição da satisfação do seu cliente, comece a captar os depoimentos e avaliação dos seus clientes.

Esteja presente após a venda e não confie apenas na intuição: automatize os seus processos.

Seja um gestor que assuma uma posição de destaque e tenha uma postura profissional, tenha em si e exerça a disciplina através do planejamento, com prazos e organização. Tenha em mente que nem sempre tudo sairá como você imaginou. Empreender é perseverar. Implemente pequenas ondas de melhoria contínuas, pense grande, mas comece pequeno e rápido.

 

 

 

Deixe uma resposta