fbpx

10 dicas para começar um negócio sem ter nenhuma experiência

blank

 

  •  2 — Pratique mais a análise e menos o impulso
    blank

    Não comece um negócio apenas porque não aguenta mais os percalços que vêm com o trabalho em empresas – e sim porque a vida de empreendedor é a que atende seus objetivos, e você está disposto a passar dificuldades para obtê-los. Muito provavelmente, você encontrará pontos negativos também ao empreender, avisa a empreendedora Debbie Widjaja. Por isso, agir por impulso e desistir de ser funcionário só porque ser dono de um negócio aparenta ser mais relaxante é uma ilusão que logo sumirá. “Você ainda encontrará situações que gostaria de evitar: membros do seu time que são irritantes, clientes arrogantes e regulações estúpidas”, enumera. Da mesma forma, não pratique o impulso na área financeira: abandonar a vida de funcionário sem ter feito uma reserva. “Você consegue sobreviver sem uma renda fixa pelos próximos dois ou três anos? A partir do momento em que você contrata pessoas, você é parcialmente responsável pela vida delas e das famílias delas. Se seu negócio falir amanhã, quais vidas serão impactadas?”, indaga Widjaja.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta