fbpx

Como abrir uma loja de 10 reais?

Pensando nessa pergunta, eu criei esse post com a resposta e as principais dicas que você deverá levar em consideração na hora de abrir a sua loja! Confira abaixo todas elas:

 

 

Dica 1: Público Alvo

Criar seu público alvo é estabelecer as metas e objetivos que vão caracterizar seu negócio. Na verdade todo empreendedor busca alcançar o maior nível de clientes senão todos! Mas mesmo que alimente esse pensamento procure deixá-lo quieto e se concentrar nas faixas de públicos ou clientes em potencial.

Para começar com o pé direito crie uma espécie de questionário para definir seu público-alvo:

  • Será para homens ou somente para mulheres?
  • Qual bairro ou região que moram?
  • Qual a idade ou faixa etária?
  • Onde trabalham? Onde estudam?
  • O que eles precisam (produtos e variedades)?
  • Quais horários costumam sair às compras (melhor momento para vender)?

Dica 2: Planejamento para um Loja de 10 reais

O planejamento é um princípio básico de como abrir uma loja de 10 reais e qualquer outro tipo de negócio…

Abrir um negócio é antes de qualquer coisa um desafio! Os empreendedores são pessoas que buscam sempre superar seus limites e à medida que alcançam se sentem mais motivados e procuram por outros mais estimulantes.

Tenha em mente que o planejamento deve ser constante. Muitos negócios não dão certo porque faltou atenção a este item. Ele é à base do seu negócio!

Os pontos mais importantes para você observar são os seguintes:

  • Estipular metas e valores de vendas a serem alcançadas por mês;
  • Analisar/Refletir sobre o ponto de equilíbrio, isto é, quanto tem que vender para se ter lucro sem prejuízo.
  • Pensar nas estratégias de marketing que você irá usar para atrair clientes.
  • Pensar nas datas de promoções e possíveis descontos para aumentar as vendas.
  • Criar um relacionamento nas redes sociais para elevar a sua marca.

Outra coisa muito importante que você vai ter que levar em consideração na hora de abrir uma loja de 10 reais é a elaboração do seu plano de negócios.

Qual a importância de ter um plano de negócios?

Com o seu plano de negócios elaborado, você vai poder se aprofundar ainda mais nas questões da sua empresa, como captar investidores. É o espaço certo para você traçar todas as suas metas e objetivos.

Ao fazer isso, você terá em mãos a clareza do seu roteiro operacional, financeiro e estratégico, a fim de ter solidez na sua abordagem no mercado.

Dica 3: Estrutura

Neste setor é bom, antes de sair à procura de um corretor, verificar se precisará de início, de um lugar pequeno, médio ou grande. Para isso, faça um breve esboço dos espaços necessários como: área de vendas, espaço para exposição dos produtos, caixa, provadores, banheiro, escritório e estoque. Assim como, tipo e modelo de móveis, material de escritório e embalagens das compras.

Dica 4: Investimento

Papel, caneta e calculadora em mãos. Pesquise e some os seguintes itens:

  • Valor das taxas e emissões de documentos;
  • Aluguel do ponto comercial;
  • Compra de prateleiras, espelhos, bonecos de vitrine, mesa, cadeiras;
  • Estoque inicial;
  • Investimento no marketing e divulgação de produtos.

Dica 5: Regularização, o registro especial

Esta parte é a mais burocrática, porém deve-se dar a maior atenção para que sua empresa possa funcionar de forma regular. Saber como abrir uma loja de 10 reaisé uma questão de entender da “papelada” e providenciar a documentação necessária para o início… Como as abaixo:

CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) é o documento de identidade da empresa. É emitido pelo Ministério da Fazenda e Receita Federal.

Contrato Social – Documento base para se retirar o CNPJ. É elaborado por um advogado.

Registro na Junta Comercial – Sua natureza é de cadastrar comerciantes que desejam abrir uma empresa para que sejam pagos os impostos devidos. Estará submetido à fiscalização e pagamento de uma taxa anual para manter o registro.

Inscrição Estadual – É uma espécie de normatização e controle de dados de todos os comerciantes que atuam em um Estado. Se não houver o registro, você poderá ser multado e obrigado a fechar sua loja.

Alvará da Prefeitura – Semelhante ao anterior, mas a nível municipal. Geralmente é cobrado registro na Receita Federal, contrato social da empresa e documentos dos donos.

Bombeiros –  A corporação faz visita para verificar se as normas de segurança são seguidas. Após a avaliação cobra-se uma taxa, cujo pagamento é anual.

Vigilância Sanitária – Também realiza vistoria e cobra uma taxa de pagamento anual.

Dica 6: Capital

Ao saber como abrir uma loja de 10 reais, você vai ter que pensar no seu capital também… É importante fazer um levantamento de quanto irá precisar para movimentar seu caixa a cada mês. Procure reservar uma parte para possíveis gastos inesperados.

E não se esqueça: separe bem o dinheiro que for gerado do lucro. Procure não confundir com suas finanças pessoais.

Dica 7: Selecione os funcionários

Não é a toa que deixamos como a última dica, pois depois de tudo preparado e organizado você terá maiores condições para saber se precisará de imediato, ou em longo prazo, de funcionário ou não.

Caso necessite faça uma seleção tendo como critérios os seguintes:

  • Observe se o candidato possui boa habilidade de comunicação e postura para conversar com os clientes, seja em pé ou sentado;
  • Se ele é simpático;
  • Verifique se o candidato possui boa aparência e se veste com discrição;
  • Qual a capacidade do candidato de poder de negociação, se possui iniciativa, se sabe ouvir, se é paciente e ágil.
  • Observe se o candidato é dependente de celular (é muito desagradável o cliente não ser bem atendido porque o atendente só se preocupa em olhar o celular no horário de trabalho).

Ao pensar em como abrir uma loja de 10 reais, você vai ter que levar em consideração todas essas dicas acima.

Além é claro do tipo de mercadoria e produtos que você irá vender… Os mais procurados no mercado são as roupas, com certeza. E ter um bom fornecedor para a sua loja é essencial para conquistar cada vez mais clientes e aumentar o nome da sua loja!

Essas foram apenas algumas dicas para dar início a um novo negócio ou desenvolvê-lo melhor.